sexta-feira, 25 de dezembro de 2009

DOCE SOFRIMENTO


Quando se ama intensamente
Nem a traição muda o sentimento.
Por que para que ama,
A dor de  amor
É um doce sofrimento.

Autor - Jose Augusto Cavalcante

2 comentários:

Ivana Maria disse...

Não a toa, todos os mandamentos se resumem em um só: "Amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a ti mesmo".
Como é possível amar ao outro se primeiramente não me amo?
Ninguém deve nos servir como metade ou complemento.Devemos ser sempre "um inteiro".
O amor não pode ser sofrimento, pode ser ausência, saudade, recordação, gratidão pela experiência e boas lembranças. Nunca o sofrimento, o peso da culpa, o ressentimento, a solidão, isso não é amor, é um vazio de nós mesmos. È o que acredito e tento buscar, não é fácil, mas só a sabedoria desse reconhecimento é uma luz para o caminho que devo seguir. bjos.

POETA/JOSE AUGUSTO disse...

IVANA MARIA, eu gostaria que me seguisse no meu novo blog. os seus comentários deixam-me muito feliz.
http://luzesdoamanh.blogspot.com/(DO PROFANO AO SAGRADO)