sexta-feira, 16 de maio de 2008

MENINA MULHER


Tua boca molhada me diz o que quer
Tua mente infantil nada imagina
Entre as coxas abertas a pérola mais linda
Que faz da menina, um corpo de mulher
II
Menina mulher, fruta madura
Comida pura, mulher objeto
Fizeste de mim escravo de sexo
Fantazia viva de nossas luxúrias
III
É uma loucura ver seu corpo bailando
O orgasmo chegando
No seu remexer
IV
É de enlouquecer
Seus gritos gemidos
Momentos vividos de intenso prazer
*
Autor - José Augusto Cavalcante

Um comentário:

illana disse...

oie...

parabens pela poesia...

são todas linda...

mais essa menina mulher...

eh a mais linda...

bjinhos...